Skip to content


Justiça decide: esperma é propriedade da mulher

O entendimento é da Corte de Apelação de Chicago,nos EUA no processo movido pelo médico Richard Phillips contra sua colega Sharon Irons. Ela afirmou que quando Richard Phillips ejaculou em sua boca, ele cedeu e entregou de livre e espontânea vontade o seu esperma, e a deu de presente. Para o Tribunal, “houve uma transferência absoluta e irrevogável de título de propriedade já que não houve acordo para que o esperma fosse devolvido”. Matéria completa

Posted in Clipping.

Tagged with , .


2 Comentários

Mantenha-se atualizado! Assine o RSS feed para comentários deste post.

  1. Pedro diz...

    Se eu fosse esse médico, cuspia na cara do juiz e falava, “é um presente, não precisa devolver não!”

  2. Lia Caldas diz...

    Isso foi incompetência dos advogados do cara. Que argumento mais furado!!



Você pode usar um pouco de HTML

ou responda este post via trackback.